fbpx
Gônadas

Novo guideline de SOP: o que mudou no tratamento

Escrito por Erik Trovao

O novo guideline de síndrome dos ovários policísticos (SOP), publicado em agosto de 2023, trouxe mais novidades do que, talvez, imaginássemos. Já apontamos as mudanças referentes ao diagnóstico em outro texto. Aqui, iremos focar no que a publicação trouxe de novidade em relação ao tratamento da SOP:

Tratamento da SOP em mulheres que não querem engravidar

  1. Continua a recomendação de não fazer a combinação de etinilestradiol 35mcg + ciproterona 2mg como primeira linha de tratamento.

  1. Os clínicos devem ter em mente que doses altas de etinilestradiol (30mcg) não têm vantagem sobre as doses < 30mcg para tratamento do hirsutismo.

  1. Portanto, as preparações com doses mais baixas de etinilestradiol e as preparações com estrogênio natural devem continuar sendo consideradas como de escolha.

  1. Algumas novas considerações sobre as drogas anti-androgênicas foram adicionadas: espironolactona na dose de 25 a 100mg/dia parece ser a opção com menor risco de efeitos adversos; ciproterona na dose de 10mg ou mais deve ser evitada, especialmente pelo risco de meningioma; finasterida tem um risco aumentado de hepatotoxicidade.

  1. Em pacientes em tratamento para hirsutismo com laser, a adição de contraceptivo hormonal combinado, com ou sem anti-androgênicos, aumenta a redução dos pelos e a manutenção da resposta quando comparada ao uso isolado do laser.

  1. Em mulheres com SOP sem indicação de contraceptivo hormonal combinado e/ou anti-androgênico, a metformina isolada deve ser considerada nas mulheres com IMC igual ou superior a 25, com o objetivo de melhorar os parâmetros metabólicos.

  1. Naquelas com IMC < 25, a metformina pode ser considerada, mas as evidências são limitadas.

  1. A metformina isolada também pode ser considerada em adolescentes com SOP ou em risco para SOP para regularizar os ciclos menstruais (mas as evidências para isso são limitadas).

  1. Em mulheres com SOP em uso de contraceptivo hormonal combinado, a combinação com metformina terá mais benefício para se atingir melhora dos parâmetros metabólicos naquelas pacientes: com IMC de 30 ou mais, com fatores de risco para diabetes, com diagnóstico de pré-diabetes ou pertencentes a grupos étnicos de alto risco para diabetes.

  1. Mas naquelas pacientes com IMC < 30, a combinação contraceptivo hormonal combinado com metformina pode ser considerada, embora com benefício clínico adicional pequeno sobre o uso isolado de cada uma destas medicações.

  1. Em mulheres com contraindicação ou que não toleram os contraceptivos hormonais combinados, a metformina pode ser considerada para o tratamento dos ciclos menstruais irregulares. No entanto, o hirsutismo deve ser tratado de outra forma.

  1. Para tratamento farmacológico da obesidade em mulheres com SOP, deve-se considerar as seguintes opções: liraglutida, semaglutida ou qualquer um dos associado ao orlistate.

  1. O Inositol (em qualquer forma) passa a ser uma opção terapêutica (no guideline de 2018, ele havia sido considerado apenas uma terapia experimental).

  1. O inosital deve ser considerado na SOP, baseando-se nas preferências individuais, considerando o risco baixo de efeito adverso e o potencial benefício sobre os parâmetros metabólicos.

  1. No entanto, os autores afirmam que não há como recomendar nem doses nem o melhor tipo ou combinação de Inositol, uma vez que as evidências ainda são limitadas.

  1. Os autores também alertam para o fato das evidências do benefício do Inositol sobre a ovulação, o hirsutismo e o peso serem limitadas.

Tratamento da SOP em mulheres que desejam engravidar

  1. O tratamento da infertilidade em mulheres com SOP continuam seguindo um algoritmo composto por três linhas: primeira linha (indutores da ovulação), segunda linha (gonadotrofinas ou cirurgia ovariana laparoscópica), terceira linha (fertilização in vitro).

 

  1. Dentro da primeira linha, letrozol continua sendo a primeira opção. Mas a segunda opção passou a ser o clomifeno associado à metformina e não mais o clomifeno isolado.

 

  1. A metformina isolada continua sendo a última opção.

 



Banner

Banner

Banner

Banner

Sobre o autor

Erik Trovao

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: